domingo, 8 de junho de 2008

Linha do Tua

Depois do acidente que ocorreu Quinta-feira passada, os argumentos dos detractores da manutenção desta infra-estrutura, subiram de tom e unem forças para o encerramento definitivo da linha. Estranhamente, durante um século de existência, a linha teve apenas dois acidentes como estes que ocorreram recentemente, num total de 3! Porquê?

A análise da linha, parece afastar todas as hipóteses, de que esta tenha sido a causa do acidente. Terá sido a automotora?

Correm rumores de que a circulação pode ser retomada já no dia 9 (hoje). Espero que, de uma vez por todas, a linha passe a ser percorrida com normalidade e em segurança.

1 comentário:

Lurdes disse...

O COMBOIO DO TUA

"Olha o comboio que sobe o Tua
Trás emigrantes, Trás emigrantes
E no comboio que sobe o Tua
Velhos soldados e estudantes
Vão de viagem p'ra Trás-os-Montes
E o comboio que sobe o Tua
Faz pouca terra a muita terra
Até ao filho que anda na rua
E há namorados p'r'alem do Tua
Lenços bordados roupas de cama
Bricam crianças soltas na rua
Por entre as pedras no meio da lama
E o comboio que sobe o Tua
Os namorados levam um beijo
antigo sonho de mulher nua
Sofrido em França sempre um desejo
Olha o comboio que sobe o Tua
Trás viajantes, Trás viajantes
E o rio à espera espelho da lua
Lava saudades dos emigrantes
E em Trás-os-montes, por Trás-os-Montes
Uma enxada da charrua
De sol a sol tal como dantes
Espera o comboio que sobe o Tua
Em Trás-os-Montes, por Trás-os-
Montes
Uma enxada da charrua
De sol a sol tal como dantes
Espero o comboio que sobe o Tua
OLHA O COMBOIO QUE SOBE O TUA
OLHA O COMBOIO QUE SOBE O TUA
OLHA O COMBOIO QUE SOBE O TUA
OLHA O COMBOIO QUE SOBE O TUA
OLHA O COMBOIO QUE SOBE O TUA"

XVI Festival RTP da canção 1979
Interprete:FLORÊNCIA
Letra: MÁRIO CONTUMÉLIAS

Não podemos deixar morrer "O COMBOIO DO TUA"!