segunda-feira, 20 de outubro de 2008

largo, em Belver

Fotografia do Largo do Vale, em Belver.

6 comentários:

Blue Eyes disse...

Quase lhe posso chamar o largo das brincadeiras...nos Verões (de tempos idos) em que os nossos gritos de criança 'enchiam' a aldeia de brincadeiras e correrias...bons tempos em que a liberdade era o mote e brincar até fartar.

Obrigada.

Orlanda Sousa

Lurdes disse...

É verdade Orlanda! Brincamos muitas vezes neste largo. O "largo" da Sr.ª Otília, do Sr. Ângelo, da D. Márcia,... da Tília. E agora o "largo" da nossa festa.
Não eramos muitos mas suficientes para todas as brincadeiras que fizeram a nossa infância uma infância saudável e feliz. Como nem todas as crianças têm hoje em dia.

É também por aqui que se começam a ver as reconstruções que se têm feito na nossa terra! E que continuem para que Belver fique ainda mais bonita.

Beijinhos para a Orlanda e para si com um obrigada por mais uma foto do nosso Belver!

Blue Eyes disse...

Olá Lurdes:

Olha que no Verão até que éramos bastantes...bons tempos em que vínhamos da escola a tentar adivinhar o que seria o almoço consoante os 'cheirinhos' que íamos 'sentindo' pelo caminho.

Tenho pena que aquelas ruas estejam agora cada vez mais vazias de gente...de 'gritos' alegres de criança...

Anónimo disse...

Será que a Orlanda Sousa é filha do professor Sousa e da D. Teresinha e irmã da Anita? Se é, eu conheci-a era ela ainda criança, assim como a irmã, e o Pai estagiou em Vila Flor com o meu marido. Tínhamos uma boa amizade!!! Gostava de saber...
Anita Fonseca

Xo_oX disse...

É verdade, D. Anita, Blue Eyes é mesmo filha do nosso saudoso amigo Sousa.
Neste momento está fora de Portugal, mostrando-nos um pouco dos Alpes franceses e da Suiça.
Pode contacta-la através do Blog:
O melhor do
mundo

Cumprimentos

Anónimo disse...

Obrigada, Aníbal, pela sua informação. Eu logo imaginei que seria ela, dado o caso de ser de Belver e o nome ser o de uma miúda azougada e muito bonita que eu tive o prazer de conhecer quando as nossas famílias se encontravam muitas vezes. Soube, há pouco tempo, que tinha falecido o Prof. Sousa e fiquei triste com a notícia... Era um bom homem, bom amigo, bom Pai e bom marido. Paz à sua alma.
Cumprimentos
Anita