quarta-feira, 20 de maio de 2009

Outras descobertas.. pássaros

Desde criança sempre tive uma paixão especial por aves, paixão que ainda hoje mantenho. Gosto de as estudar, de conhecer o seu canto, o seu habitat e as suas formas de vida. Como apaixonado pela fotografia, anseio fotografar estes pequenos seres cheios de cor e de vida, mas esta é uma área muito específica que exige material fotográfico adequado, uma grande dose de paciência, conhecimentos e ... paixão.
Conheci há algum tempo através da Internet alguém que fotografa aves como poucos no país e ainda mais surpreendido fiquei, quando comecei a encontrar fotografias de aves tiradas em muitas aldeias do concelho de Carrazeda de Ansiães.
A pessoa de quem falo chama-se Dinis Cortes, é casado em Carrazeda de Ansiães e exerce a sua actividade no sector da saúde no Alentejo profundo. Quando vem passar uns dias a Carrazeda, tem o estranho hábito de se esconder nos silvados em locais como a Beira Grande, Fontelonga, Areias etc., munido de um gravador que imita o canto dos pássaros e de muita paciência, esperando que o apareça um pisco-do-peito-azul ou um chasco-negro (que tem predilecção por locais calmos como a Quinta do Comparado ou a Senhora da Ribeira). Há falta de melhor destaque para as suas fotografias, que espero ainda vir a adquirir publicadas num belíssimo livro de ornitologia, podemos deliciar-nos com elas no Grupo - Carrazeda de Ansiães, no Flickr. São também uma forma de partir À Descoberta de Carrazeda de Ansiães.

DinisCortes - View my most interesting photos on Flickriver

4 comentários:

Anónimo disse...

Sim é verdade Tio, eu lembro de quando era pequenino ia a casa da avó e estava sempre em "pulgas" para ver os canários. Deste-me um piriquito que chegou a viver 12 anos o que é raro para uma ave desse porte. Um grande abraço de Ernesto Neves Gonçalves

Xo_oX disse...

Olá Ernesto, os canários continuam a fazer-nos companhia, em casa da avó e na minha.
Não consigo ir por uma avenida e não ficar especado a olhar para o que se passa nas copas das árvores. Há sempre um pássaro, um ninho, um juvenil que chama os pais, é um habito que vem de longe.
Um abraço para ti

aa disse...

Um destaque bem merecido...! As fotos de Dinis Cortes são excelentes...!!! com óptimas definições, cores e enquadramentos... Estive a ver bastantes fotografias dele e realmente algumas são tiradas no concelho de Carrazeda de Ansiães... E eu, que nunca vi muitos destes passarinhos...!
Obrigada por partilhar esta 'descoberta'...
Deixo aqui os meus Parabéns ao fotógrafo pelo magnífico trabalho apresentado...

AA

blogg do toca disse...

Boas e bem verdade a grande variedade de aves nessa regiao , nasçi e vivi ai ate a idade de 5 anos e desde pequeno me lembro dos passarinhos a cantar nesses maravilhosos campos , agora mais velho nutro um prazer espeçial em passear por esses montes e vales desse portugal profundo que me viu nasçer , muitos parabens pelo seu blogg